voltar

Assegure o futuro com soluções de investimento para a sua reforma

27.11.2020
Assegure o futuro com soluções de investimento para a sua reforma

Todos reconhecemos a importância da poupança como garantia de um futuro mais tranquilo, acautelando os níveis de rendimento necessários para enfrentar uma possível quebra de rendimentos. No entanto, segundo dados da PORDATA, os níveis de poupança dos portugueses está a diminuir. Em 1995 a taxa de poupança das famílias era de 14,8%, mas em 2019 o número fixou-se nos 7,2%. 


A poupança em tempos de crise não é um tema fácil, já que tantas famílias vêm os seus rendimentos diminuídos devido a constrangimentos económicos. Por isso mesmo, e podendo parecer contraditório, é importante que mais do que nunca as pessoas sejam precavidas, preparando-se para qualquer futuro que se avizinhe. 


Poupar é acautelar os imprevistos – doenças, acidentes, desemprego - mas também preparar uma esperança de vida mais longa, fruto dos avanços tecnológicos e científicos. O desejável seria que o esforço de poupança fosse, no mínimo, de 10% dos rendimentos anuais. Contudo, se esperarmos pelos 40 ou 50 anos para iniciar um esquema de poupança é natural que os objetivos traçados não sejam alcançados. Deve-se, por isso,  começar a poupar cedo e escolher corretamente, sem a pressão de uma aposentação à vista. 


De certeza que já ouviu falar dos PPR ou Planos Poupança Reforma. Mas sabe o que significa verdadeiramente? 


Os PPR constituem uma solução crucial na poupança a longo prazo, apresentando uma tributação fiscal mais atrativa quando comparados com outras opções de investimento e poupança. São também uma alternativa aos depósitos que apresentam taxas de rentabilidade muito reduzidas. 

 

A MDS efetuou uma breve análise da oferta de Planos Poupança Reforma, junto dos principais Seguradores e Sociedades Gestoras e partilha abaixo uma síntese exemplificativa das rentabilidades, por perfil de risco:



(1)

Neste exemplo de produto com capital garantido, a taxa bruta mínima garantida para 2020 é de 1,5%. Para os restantes anos, este PPR pressupõe uma taxa mínima garantida, comunicada no início de cada anuidade, sendo acrescida da participação de resultados no final de cada anuidade.

 

(2)

As rentabilidades negativas de 2020 são consequência da queda nos mercados financeiras, decorrente da pandemia que vivemos mundialmente.

 

 

Atualmente, ainda existem ofertas de PPR com capital garantido no mercado (principalmente produtos veiculados por Seguradores). No entanto, a tendência está a evoluir para soluções de rendimento variável, que não garantem capital, mas que apresentam, a longo prazo, potencial de valorização.

  

O final do ano é um bom momento para pensar na otimização das finanças pessoais, mas porquê que o Plano Poupança Reforma é uma boa opção? No curto prazo, porque o investidor poderá usufruir, no ano da subscrição, de uma redução da dedução à coleta consoante a sua idade (caso opte por declarar, em sede de IRS, o montante investido nesse ano). E, no longo prazo, porque no caso dos PPR, o imposto apenas é retido quando se efetua o resgate, permitindo assim a capitalização dos juros até ao momento do levantamento dos valores aplicados. Posto isto, e para quem, manteve uma poupança a mais longo prazo, o eventual rendimento tributável será reduzido tendo por base uma tabela de imposto sobre o rendimento que reduz com o tempo do investimento:

 


Em termos de benefícios fiscais é importante ter em consideração a possibilidade de utilização do valor investido num PPR para efeitos de dedução no IRS:


*Não são dedutíveis à coleta de IRS os valores aplicados pelos sujeitos passivos após a data da passagem à reforma.

 

 

Para maior e melhor esclarecimento, conte com um apoio independente. A MDS oferece um serviço especializado de suporte a clientes que procuram soluções para poupança. 


Não deixe de saber mais. Procure informação junto do seu gestor ou ligue 808 100 201. 


Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.Saiba mais

Compreendi